Dieta pessoal pela genética ” Nutrigenômica: os nutrientes influenciando os genes e os genes influenciando os nutrientes”


https://i1.wp.com/www.scielo.br/img/revistas/abem/v53n5/03f01.gif

Flávia De Conti
Nutricionista da Nutrociência Assessoria em Nutrologia
As diferenças encontradas nos indivíduos no que diz respeito aos fatores nutricionais e as respostas individuais têm intrigado os cientistas no último século. Apesar de ser conhecido há algum tempo que certos nutrientes podem modificar a expressão gênica, o estabelecimento definitivo de qualquer “link” só foi possível após o término do Projeto de Genoma  Humano1.
A seqüência do genoma humano, a subseqüente análise da variação genética e os estudos de associações de genes com marcadores de doenças ou outras alterações no fenótipo levaram a promessa de uma medicina personalizada. Similarmente, a genômica e a genética nutricional trouxeram informações e conhecimento para o delineamento de dietas adequadas com a finalidade de manutenção da saúde e a prevenção de doenças2.
Algumas definições:
· Genômica Nutricional: é o estudo de como os fatores dietéticos afetam a função global do genoma, incluindo diferenças nas respostas baseado no mapa genético individual e a interação dos fatores dietéticos com o genoma e as subseqüentes mudanças no metabolismo1.
· Nutrigenômica: é o estudo da interação dos componentes da dieta com o genoma, resultando alterações na expressão gênica, estrutura e função das proteínas e outros metabólitos1.
· Nutigenética: é o estudo das diferenças baseadas nos genes em respostas aos componentes dietéticos e o entendimento de como estes fatores da dieta estão associados com saúde ou doença nos indivíduos tendo em vista o mapa genético individual 1.
Resumidamente, as bases conceituais deste novo ramo de pesquisa genômica são: Os componentes da dieta comum atuam no genoma humano, direta ou indiretamente, alterando a expressão ou estrutura gênica. Sob certas circunstâncias, e em alguns indivíduos, a dieta pode ser um fator de risco sério para algumas doenças, pois alguns genes regulados pela dieta
provavelmente desempenham um papel no início, na incidência, na progressão e/ou na severidade de doenças crônicas. O grau pelo qual a dieta influencia o balanço entre os estados de saúde e a doença pode depender do componente genético individual. Assim, intervenções dietéticas, baseadas no conhecimento do requerimento nutricional, do estado nutricional e do
genótipo (isto é, nutrição individualizada), podem ser usadas para prevenir, atenuar ou curar doenças.

https://i0.wp.com/www.olharvital.ufrj.br/2006/imagens/edicoes/106/faces.jpg
No entanto, enquanto benefícios potenciais de cuidados personalizados são
significantes para os indivíduos, para a saúde pública e para a economia, as pesquisas e as
aplicações enfrentam uma diversidade de desafios devido à heterogeneidade da genética
humana, a complexidade dos alimentose os vários mecanismos psicológicos que produzem o
estado de saúde e doença2.
Este é, com certeza, um campo com uma vasta possibilidade de novos estudos e
descobertas. Muitas pesquisas ainda necessitam ser realizadas, em virtude de toda a
complexidade que é o organismo humano. Contudo, esta é mais uma ferramenta que estará
disponível para os profissionais da saúde. E ao que tudo indica, isso ocorrerá muito em breve.
Referências:
1. Subbian M T R. Understanding the Nutrigenomic Definitions and Conceptions
at the Food-Genome Junctions. J Integr Biol. 2008; 12(2): 2-7.
2. Bergamann M M, et al. Bioethical Consederations for Human Nutrigenomics.
An Rev Nutr. 2008; 28: 447-67.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: